Visualizando no momento

O desafio

Como a era de parques temáticos na China acabou de começar, havia uma experiência limitada em termos de decoração e custos de construção, que não podiam ser medidos em relação à experiência com projetos convencionais. Os desafios do projeto incluíam como determinar uma faixa de preço razoável para novos processos de construção e os custos planejados diante da pouca concorrência existente, também de como gerenciar os custos em todas as etapas do desenvolvimento do projeto.

A solução

Graças às nossas amplas redes globais, a Arcadis tem um conhecimento aprofundado em estratégias de orçamento, licitação e subcontratação de parques temáticos em todo o mundo. Insights de outros projetos de parques temáticos regionais atendidos por nossas equipes asiáticas e chinesas nos proporcionaram uma experiência valiosa no desenvolvimento de estratégias de custo. Durante a fase de implementação, identificamos empreiteiros e fornecedores com experiência na construção de parques temáticos na China. Em seguida, começamos a realizar pesquisas e análises especiais para identificar desafios técnicos e de mão de obra, estabelecendo assim uma faixa de preços razoável para temas e efeitos audiovisuais no parque, obedecendo a padrões técnicos rigorosos. 

Um grande número de componentes pré-fabricados importados para o projeto foi arquitetado e fornecido por fabricantes norte-americanos. Na fase de construção, os diversos temas no parque estavam disponíveis apenas como desenhos arquitetônicos. Em seguida, fizemos referência aos materiais completos do logotipo inglês do projeto e concluímos com sucesso as medições e a compilação da lista de verificação de engenharia com muito pouca diferença, levando em conta as dimensões dos desenhos arquitetônicos, concluindo com sucesso nosso trabalho de pesquisa e licitação. Desde 2017, a Arcadis tem trabalhado com parceiros em engenharia, design e tecnologia para garantir que o Universal Studios Beijing seja entregue de acordo com os altos padrões de qualidade e dentro do orçamento.

O impacto

Mais de 100.000 trabalhadores estiveram envolvidos na construção do Universal Beijing Resort, bem como mais de 500 parceiros de vários setores da China e de outros países, que desenvolveram práticas de construção inovadoras e aplicações tecnológicas.

Em termos de desenvolvimento sustentável, o Universal Beijing Resort é o primeiro parque temático e resort do mundo a receber a certificação LEED Gold para cidades e comunidades. O resort abriga 170 hectares de espaço verde plantado com espécies locais, o que, além de proteger o meio ambiente local, permite também a reciclagem de mais de 2,7 bilhões de litros de água por ano.

Espera-se que o Universal Studios Beijing receba mais de 10 milhões de visitantes por ano, com uma receita operacional média anual de 8 bilhões de yuans, criando 10 mil empregos diretos e tornando-se um novo motor para impulsionar a economia de Beijing e seus arredores.


Capacidades usadas

Gostaria de ler mais?
Isto também pode ser interessante para você

Conecte-se com {name} para mais informações & perguntas

A Arcadis usará seu nome e endereço de e-mail apenas para responder à sua pergunta. Mais informações podem ser encontradas em nossa Política de Privacidade.