No.1

diretriz de smart green building

30

principais estratégias práticas, inteligentes e ecológicas

Finalista

prêmios rics de 2020 — equipe de pesquisa do ano

Visualizando no momento

O desafio

Hong Kong é famosa por seus muitos edifícios, construídos e em construção e há uma grande oportunidade para fazer com que esses edifícios funcionem de forma mais eficiente para as comunidades locais e para o meio ambiente. É por isso que o Conselho de Green Building de Hong Kong escolheu a Arcadis para desenvolver um Guia de Melhores Práticas de Smart Green Building de Hong Kong, com um conjunto de diretrizes e estratégias práticas para o desenvolvimento inteligente de construções ecológicas que otimize o desempenho dos edifícios de Hong Kong.

A solução

Adaptar a mudança não se trata apenas de identificar a tecnologia inteligente certa ou garantir que a solução tenha um benefício material para o usuário final, ela precisa ser implementada com sucesso em termos de planejamento, custos, design, aquisição, construção, gestão de projetos, entrega e operação. Para a Arcadis, o que torna esse projeto tão único é que o guia que produzimos será o primeiro de seu tipo na região a redefinir o equilíbrio entre o verde e o inteligente. Para que isso aconteça, estamos realizando uma pesquisa abrangente, pesquisa de referências no mercado e mantendo o engajamento dos stakeholders. Tudo isso produzirá mais de 30 recomendações práticas importantes de estratégia verde inteligente. Essa é a chave para acelerar a indústria de construção de Hong Kong e alcançar a sua visão de desenvolvimento inteligente e sustentável.

O impacto

O guia identifica tecnologias ecológicas inteligentes inovadoras em todo o ciclo de vida do edifício na área. Ele pode melhorar a confiabilidade e o desempenho, reduzir a pegada de carbono e automatizar processos, tudo com o uso de sensores, acionadores e microchips. E com tecnologias como o aprendizado de máquinas, com o suporte de dados em tempo real, a otimização do desempenho de um edifício pode ser feita com ideias orientadas por dados, garantindo que um edifício se adapte às necessidades do usuário final. A instalação de tecnologia em prédios já existentes precisa considerar a interferência associada que ela poderia trazer ao ativo, aos locatários e à força de trabalho. A atualização e a instalação de novas tecnologias em uma infraestrutura já existente e em processos operacionais exige grandes trabalhos de integração, envolvendo profissionais de TI trabalhando com controles de construção com os quais talvez não estejam familiarizados. Esse nível de interferência também pode trazer resistência à mudança, portanto, não se trata apenas de simplesmente adotar o software, há uma necessidade de gerenciar seu envolvimento com o usuário final, o processo atual e a cultura existente.


Recursos usados

Connect with {name} for more information & questions

Arcadis will use your name and email address only to respond to your question. More information can be found in our Privacy office