• Serviços: Projeto Arquitetônico, Engenharia
  • Setores: Transportes

Projeto Arquitetônico e Engenharia Civil da estação Tiquatira do Metrô

São Paulo, São Paulo, Brasil - Quando construída, a extensão da Linha 2 – Verde do Metrô de São Paulo se tornará estratégica, uma vez que irá fornecer conexão com a região metropolitana da cidade e as linhas 1 – Azul e 4 – Amarela. Cerca de 1,7 milhões de pessoas serão beneficiadas quando o sistema completo entrar em operação. Especificamente, a Estação Tiquatira, quando finalizada, será um ponto central na zona Leste da cidade de São Paulo, permitindo a transferência para o sistema ferroviário metropolitano e de ônibus.

1,7 milhão de passageiros

transportados por dia

Mais mobilidade, segurança

e qualidade de vida

A Linha 2 – Verde do Metrô de São Paulo iniciou suas atividades em 1991. Atualmente, possui 14 estações, que liga a Vila Madalena (Oeste) a Vila Prudente (Sudeste). Com esta linha, o metrô passou a abranger um importante eixo do centro expandido de São Paulo, com grande concentração de instituições financeiras, hospitais, escolas, hotéis, consulados, teatros e museus.

Atualmente, a linha verde passa por um processo de expansão. A futura linha deverá chegar até o limite com Guarulhos, na Grande São Paulo, além de atender a diversos bairros, servindo de conexão para os passageiros da zona leste da capital paulista. Toda a extensão desse novo ramal será subterrânea. Especificamente, a Estação Tiquatira, quando finalizada, será um ponto central na zona Leste da cidade de São Paulo.

A Arcadis foi a empresa responsável pelo Projeto Arquitetônico e serviços de Engenharia Civil da Estação Tiquatira, incluindo o projeto de geometria da via permanente do Metrô e da CPTM, o projeto de arquitetura, estrutura e fundações do complexo, a especificação técnica e o projeto do túnel a ser escavado por tuneladora. O projeto também prevê a implantação de uma estação metroviária, de uma estação ferroviária, além de um terminal rodoviário urbano e um estacionamento. O complexo ainda terá um bicicletário. O maior desafio foi construir uma solução que requalificasse a região e, ao mesmo tempo, permitisse a integração entre todos os modais.

O resultado do projeto também atendeu às expectativas do cliente, de aumentar a mobilidade de transportes na cidade de São Paulo e oferecer modais diferentes de transporte no mesmo lugar. Com a extensão da linha completa, aproximadamente 1,7 milhão de passageiros serão transportados por dia.

Resultados

1,7 milhão de passageiros

transportados por dia

Mais mobilidade, segurança

e qualidade de vida

3#s meios de transporte

para usuários na região
Share on Wechat "Scan QR Code" on WeChat and click ··· to share.