• Práticas de Negócios

Princípios Gerais de Negócios

Integridade é um dos nossos valores fundamentais. O complexo ambiente de negócios de hoje demanda que incorporemos firmemente integridade em nossas práticas diárias de negócios.

Exigimos que todos os nossos colaboradores assinem e cumpram os Princípios Gerais de Negócios da Arcadis, resumidos nos temas regiões abaixo.

Integridade como um valor fundamental. Nosso objetivo é conduzir nossos negócios com honestidade e justiça. Nosso compromisso com a integridade determina a forma como fazemos negócios e como nós tratamos nossas pessoas. As diretivas dos nossos Princípios Gerais de Negócio fornecem orientações específicas relacionadas a presentes, hospitalidade e pagamentos a terceiros.

Respeito pelas leis e culturas locais. Estamos em conformidade com as leis nacionais e respeitamos as culturas dos países em que operamos. Apoiamos os princípios da livre iniciativa e concorrência leal e observamos os regulamentos aplicáveis. Nós promovemos, defendemos e apoiamos nossos interesses comerciais legítimos com o devido respeito à lei e aos interesses da sociedade.

Valor para os clientes. Nós somos um parceiro confiável para nossos clientes e temos como objetivo oferecer nossos serviços sem colocar em risco os interesses de nossos stakeholders. Oferecemos serviços em condições que não comprometam nosso julgamento profissional e independente e que visam criar valor excepcional para os clientes. Nós nos concentramos em melhorar continuamente nossos serviços por meio de investimento em nossa base de conhecimentos e do desenvolvimento de competências de nossos colaboradores. Somos transparentes com os clientes sobre conflitos de interesse que possam surgir durante a execução dos nossos serviços.

Práticas responsáveis de emprego. Nossas pessoas são a chave para nosso sucesso e nós respeitamos seus direitos humanos e trabalhistas para que eles possam trabalhar em um ambiente seguro, saudável, profissional e de encorajamento. Nós encorajamos engajamento e apoiamos o desenvolvimento pessoal por meio de políticas e iniciativas abrangentes. Cada colaborador Arcadis tem a mesma oportunidade de reconhecimento pessoal, avanço, desenvolvimento de carreira e remuneração, independentemente de sua origem ou crenças. A mesma política se aplica ao recrutamento. Nenhuma forma de discriminação ou assédio é tolerada. Nós nos esforçamos para garantir que os direitos humanos e trabalhistas fundamentais sejam respeitados ao longo de nossas operações.

Lidando com dilemas. O código de integridade não pode antecipar a variedade de dilemas que podemos enfrentar em nossas operações do dia-a-dia. Uma política de integridade ativa significa reconhecer dilemas e assumir a responsabilidade para resolvê-los. Incentivamos os colaboradores a discutir dilemas de negócios uns com os outros e com seus gestores, para fazer da integridade uma parte essencial de nossa cultura.

Monitoramento e responsabilidade. A cada dois anos, os colaboradores da Arcadis participam de um treinamento on-line de compliance (última edição em 2014) destinado a aumentar a consciência de colaboradores em relação aos Princípios Gerais de Negócios da Arcadis e de nossos valores. Este treinamento aborda especificamente questões como corrupção, conluio, suborno e outros riscos aos quais nossos colaboradores possam estar expostos.

A Arcadis monitora a conformidade com os Princípios Gerais de Negócios em todas as empresas que operam em uma base trimestral. Os colaboradores não são responsáveis pela perda de trabalho, resultante do cumprimento de nossos Princípios Gerais de Negócios.

A Arcadis também tem um procedimento para denúncias - incluindo uma Integrity Line global e anônima - o que garante que os colaboradores não sofrerão consequências negativas de relatar violações. Relatos de suspeita de má conduta podem ser feitos em todas as línguas faladas nos países que operamos. Violação de nossos princípios gerais de negócios podem levar a sanções, incluindo demissão.

Em 2014, 64 alegações de violações ou "quase-violações" dos Princípios Gerais de Negócios da Arcadis foram reportadas à Comissão Corporativa de Compliance da Arcadis, todos os quais foram investigados, enquanto 17 outros casos pendentes de antes de 2014 também passaram por investigação durante o ano. No total, 59 investigações foram concluídas. A maioria dos casos relacionados à corrupção / suborno / presentes e hospitalidade, seguido por comportamento inadequado. Em toda a empresa, quatro demissões foram realizadas por motivos relacionados aviolações dos Princípios Gerais de Negócios.